RFID - Etiquetas de Radiofrequência

  

Qual a vantagem do RFID ?

Imagine contar seu estoque de 5000 peças em poucos minutos, apenas aproximando o leitor!  Você poderia fazer inventários diários, e com isso reduzir desvios e ter total controle de seu estoque.  Imagine ler várias peças para envio de consignação imediatamente!

Esses são alguns dos benefícios do RFID.  Além disso, cada peça ganha um número único garantido por normas internacionais, que podem dar um Certificado de Origem da peça, que aumenta o valor em até 40% no mercado de penhores.

Como funciona?

A sigla RFID significa em português Etiquetas de Radiofrequência.  Essas etiquetas possuem um chip e uma antena, com um dispositivo receptor e transmissor de rádio.  Cada etiqueta ou tag, possui um número único que é informado ao leitor ao receber deste uma solicitação.  Ao ativar o leitor, este envia um sinal de rádio para as etiquetas próximas, que respondem informando seu número.

Nos vídeos abaixo, mostramos como isso pode ser feito (os sistemas da Loureiro estão integrados à tecnologia TJS - ZeroShrink)

https://www.youtube.com/watch?v=Q5LB-kBKTZ4

https://www.youtube.com/watch?v=HihBZ0dVhAw

As etiquetas de RFID podem vir em vários tamanhos e formatos.  Para joalheria, utilizamos formatos pequenos, normalmente associados à etiqueta de código de barras.  Para outros ramos de atividade, normalmente usamos formatos maiores com possibilidade de leitura à distância.

Além de comércio varejista, esta tecnologia já é parte do seu dia-a-dia, em aplicações como:

  • Bilhete Único
  • Pagamento Eletrônico de Pedágios (Sem Parar e outras empresas)

No futuro, teremos lojas onde a tecnologia RFID vai substituir os atuais códigos de barras com muitas vantagens.  Veja o vídeo abaixo para ter uma ideia do que teremos em alguns anos:

https://www.youtube.com/watch?v=rBXJ9Razofw

Como os sistemas da Loureiro usam o RFID?

Nossos sistemas já estão prontos para esta tecnologia.  Basta que cada peça seja associada no cadastro de produtos ao ser produzida ou adquirida e pronto, a partir daí, todas as operações (vendas, transferências, baixas) podem ser feitas usando um leitor RFID.  A economia de tempo e o aumento da segurança são as maiores vantagens do processo.

Perguntas frequentes

É muito caro implantar RFID?

O custo das tags é o fator determinante no processo, e tem caído significativamente.  Se você comercializa peças com valor médio equivalente a 100 dólares, deveria considerar seriamente a implantação imediata, pois o custo x benefício é altamente compensador.  Para empresas com valor médio de venda inferior, é preciso analisar a demanda mensal e a economia de tempo ganha.  Muitas vezes, a economia gerada é tão significativa que a implantação se paga em 6 meses ou menos.

Posso reaproveitar as etiquetas?

Há modelos que permitem o reaproveitamento ilimitado, e outras que são feitas para serem descartadas.  No caso do reaproveitamento, o custo fica restrito ao número de tags necessárias para o estoque básico.  Com valores médios de venda um pouco maiores, talvez valha mais a pena o descarte das etiquetas.

Qual a dificuldade de implantar esta tecnologia?

Mínima, pois nosso sistema já está totalmente adaptado para ela.  O processo de leitura para cadastramento, venda ou transferência é o mesmo, e muito simples.  Basta fazer a leitura e importar o texto gerado pelo coletor.  O sistema faz todo o resto.

Como posso implantar o RFID em minha empresa?

Fale conosco e conheça todas as vantagens, peça uma demonstração ao vivo.